quinta-feira, 15 de dezembro de 2011

Camocim - Ceará

A terra do aviador Pinto Martins Mostra seus encantos.


Camocim é uma cidade de médio porte com jeitinho de interior. Com bons hotéis e restaurantes, esta situada a poucos quilômetros de Jericoacoara, 120 km de Parnaíba e a 92Km da aprazível viçosa do Ceara, na chapada da Ibiapaba. As águas calmas do rio Coreaú, permitiram o desenvolvimento das atividades portuárias, que atingiu seu ápice com a chegada da Estrada de Ferro em 1881. O prédio da antiga Estação ferroviária, uma construção de estilo eclético com predominância do neoclássico (Tombado Patrimônio Histórico do Estado), assim como a casa do engenheiro João Thomé (Atualmente sede da ACAAL “Academia Camocinense de Artes Ciências e Letras”) são herança desse período áureo. Seus 62 km de praias (o mais extenso do ceará!) oferecem um variado leque em opções para o turista. Para o oeste a praia do Maceió, “pico” dos kitesurfistas, dispõe de restaurantes, pousadas e barracas de praia. Falando de praia, a cidade tem a praia da Barrinha que tem um vasto território de coqueirais, a Praia do Xavier é uma colônia de pescadores onde esta instalada a usina Eólica da praia Formosa – A Maior do Nordeste. E na divisa com Barroquinha esta a barra dos Remédios, considerada uma das praias desertas mais bonitas do país. A rota é toda sinalizada. Para o litoral leste, se trafega em veiculo 4x4 cruzando o Rio Coreaú em uma balsa, em sentido a Jericoacoara. Onde estará localizada a Ilha do Amor, que pode ser também visitada pegando um barco no atracadouro chamado Passatempo. Sua praia segue ate findar um manguezal, sendo um quadro vivo apreciado em todo seu calçadão. Mais a frente você encontrará Tatajuba, conhecida como “a jeri de 20 anos a trás”. No circuito de lagoas temos o Lago Seco, com suas águas azuladas e vento farto, muito utilizado por praticantes de esportes náuticos. Voltando para o leste de Camocim, temos o Laguinho da Torta, famoso mundialmente por seus tucuns dentro d’água, sendo a mais conhecida da cidade – mesmo que a maioria pense fazer parte de Jericoacoara. Outra opção é contratar um barco para a exploração e conhecimento dos mangues do Rio Coreaú e seus vários braços, um pedaço de natureza intocada. 


VEJA AQUI MAIS FOTOS DE CAMOCIM

Um comentário:

  1. I never knew this place yet. I hope I can visit this place soon.

    ResponderExcluir